Qué hacer si tu hijo se pierde en un lugar lleno de gente

Después de que tu hijo tiene la confianza de caminar y correr, es muy fácil que se despisten y se pierdan, sobre todo en lugares públicos concurridos por mucha gente. ¿Quién no ha escuchado a los salvavidas en las playas o albercas, anunciado que se ha extraviado un niño? Antes de volverte loco buscando a tu pequeño entre la multitud, aprende qué hacer para evitarlo y cómo reaccionar si, a pesar de todo, tu hijo se pierde.

 

De pequeños todos nos perdimos en el supermercado, en la playa o en telas Parisina alguna vez, pero afortunadamente nuestros padres nos encontraron rápidamente. Y aunque sólo sean cinco minutos, para nosotros los padres y principalmente para los niños se convierte en una eternidad.

 

A pesar de nuestros esfuerzos por mantener a los hijos cerca de nosotros en los lugares con mucha gente, por desgracia es común que a esta edad la curiosidad de los niños haga que se alejen en cualquier segundo, perdiéndolos de vista. Y como en el zócalo en pleno 15 de septiembre, la gente es lo único que sobra, por mucho que mires a los lados es imposible que encuentres a tu hijo, que mide menos del metro de estatura, entre la multitud. En ese momento, por imposible que parezca, no hay que perder la calma y trata de seguir estos valiosos consejos:

 

  • Tranquilízate y piensa que “el tiempo es oro”. Acude en seguida al puesto de policías o patrulla que se encuentre cerca e informa de lo ocurrido; ellos se encargaran de avisar por radio a todos los elementos para buscarlo.
  • Pide a toda la gente que te haya acompañado al lugar que te ayude a encontrarlo. Lo más probable es que el niño no se haya alejado mucho, puesto que si se da cuenta que se ha perdido, se quedará quieto rompiendo en llanto.
  • Una vez que lo encuentres, no lo regañes ni lo castigues, ya que él no es consciente de lo que ha hecho y probablemente pasó un momento peor que el tuyo. Si está llorando abrázalo y reconfortarlo.
  • Ya en casa, y más tranquilos, explícale que no debe de alejarse de ti porque se puede volver a perder, pero no le metas miedo ni le digas nada que pueda hacer que pierda la confianza y seguridad que ya tiene.

 

En Argentina, cuando un niño se pierde en la playa, la persona que descubre al niño extraviado lo coloca sobre sus hombros, así el pequeño queda a la vista de todos y los papás pueden localizarlo más rápido. Con eso la persona que tiene cargando al niño camina por la playa y todo el mundo alrededor de él comienza a aplaudir. De esta manera, los papás que están buscando desesperadamente al pequeño, ya saben que el grupo de personas que está aplaudiendo tienen un niño perdido.

 

Vamos a compartirlo con todos, quien sabe y aquella iniciativa pega en la Ciudad de México y en toda la República Mexicana, en las playas, plazas comerciales  y en cualquier lugar concurrido.

 

Miguel – papaimexico

 

 

Nao vai acontecer mas… e se meu filho se perder num lugar lotado, o que devo fazer?

Depois que seu filho tem a confiança para caminhar e correr, é muito fácil ele se perder, especialmente em lugares públicos lotados. Quem não ouviu os salva-vidas nas praias ou nas piscinas, anunciando que uma criança se perdeu? Antes que você fique louco procurando por seu pequeno na multidão, aprenda o que fazer para evitar ao máximo esse infeliz evento e como reagir, se apesar de tudo, seu filho se perdeu.

Quando criança, todos nós ficamos perdidos no supermercado, na praia ou nas lojas de tecidos, mas, felizmente, nossos pais nos encontraram rapidamente. E mesmo que apenas foram cinco minutos, para nós, pais e especialmente para crianças, se torna uma eternidade.

Apesar de nossos esforços para manter as crianças perto de nós em lugares lotados, infelizmente, é comum que a essa idade a curiosidade das crianças faça elas se afastar em qualquer momento, fazendo que nós perdamos eles de vista. E, como um carnaval do Rio de Janeiro, as pessoas são o único que não falta, não importa o quanto você olhe para os lados é impossível encontrar o seu filho, que mede menos do que um metro alto, na multidão. Naquele momento, por mais impossível que pareça, não perca a paciência e tente seguir estas importantes dicas:

  • Acalme-se e pense que “o tempo é ouro”. Vai imediatamente ao posto de polícia ou patrulha que está próximo e relata o que aconteceu; Eles estarão encarregados de alertar todos os elementos pela rádio para procurár ao menino.
  • Peça a todas as pessoas que o acompanharam para ajudá-lo a encontrar à criança. Provavelmente, a criança não se afastou demais, já que, se ela perceber que ele se perdeu, ela ficará quieta y chorando.
  • Uma vez que você o encontra, não o repreenda, já que o menino não sabe o que ele fez e provavelmente teve um pior momento do que o seu. Se ele está chorando, segure-o e da conforto pra ele.
  • Em casa, e mais calmo, explique que ele não deve se afastar dos papais porque pode se perder novamente, mas não coloque medo ou conte qualquer coisa que possa fazer ele perder a confiança e segurança que seu filho já possui.

Na Argentina, quando uma criança está perdida na praia, a pessoa que descobre a criança perdida é colocada nos ombros, então o pequeno estará à vista de todos e os pais podem localizá-lo mais rápido. Com isso, a pessoa que leva a criança anda pela praia e todos ao seu redor começam a bater palmas. Desta forma, os pais que estão procurando desesperadamente ao pequeno, saberão que o grupo de pessoas que estão batendo palmas tem uma criança perdida.

Vamos compartilhá-lo com todos, quem sabe e essa iniciativa fica moda no Brasil, nas praias, shopping e em qualquer lugar lotado.

Miguel – papaimexicano

 

My son is lost

After your child has the confidence to walk and run, it is very easy to get lost and lost, especially in public places crowded by many people. Who has not heard the lifeguards on the beaches or pools, announced that a child has been lost? Before you go crazy looking for your little one in the crowd, learn what to do to avoid it and how to react if, in spite of everything, your child is lost.

As a child we all got lost in the supermarket, on the beach or in clothing factories, but fortunately our parents found us quickly. And even if only five minutes, for us parents and especially for children becomes an eternity.

Despite our efforts to keep the children close to us in crowded places, unfortunately it is common that at this age children’s curiosity causes them to drift away at any second, losing sight of them. And like in the zocalo in the middle of September 15, people are the only thing left, no matter how much you look at the sides is impossible to find your son, who is less than the meter tall, in the crowd. At that moment, impossible as it may seem, do not lose your temper and try to follow these valuable tips:

  • Calm down and think that “time is gold”. He goes immediately to the post of police or patrol that is nearby and reports what happened; they will be in charge to warn all the elements by radio to look for it.
  • Ask all the people who have accompanied you to the place to help you find it. Most likely, the child has not strayed too far, since if he realizes that he has been lost, he will stand still and break into tears.
  • Once you find him, do not scold him or punish him, since he is not aware of what he has done and probably had a worse time than yours. If you are crying, hold him and comfort him.
  • At home, and calmer, explain that you should not stray from yourself because you can lose again, but do not put fear or tell you anything that can make you lose the confidence and security you already have.

In Argentina, when a child is lost on the beach, the person who discovers the lost child places it on his shoulders, so the little one is in sight of all and the parents can locate it faster. With that the person carrying the child walks along the beach and everyone around him begins to applaud. In this way, dads who are desperately looking for the little one, already know that the group of people who are clapping have a lost child.

Let’s share it with everyone, who knows and that initiative is becoming fashionable all over the world, on beaches, shopping plazas and anywhere crowded.

Miguel – papaimexicano

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *